Nutrina News

  • Sauá Príncipe Bernhard

  • Data: 25/04/2014
  • Callicebus bernhardi – O sauá-Príncipe-Bernhard é uma das mais recentes descobertas da ciência e foi descrito pela primeira vez no ano de 2002. Seu nome científico é uma homenagem ao Príncipe Bernard, da Holanda, criador do prêmio de conservação "Ordem da Arca Dourada", que insentiva ações de conservação da biodiversidade.

    Mede cerca de 80 centímetros de comprimento e pesa, em média, 700 gramas. Sua principal característica é a “barba” cor de laranja. Os membros também são alaranjados, a região dorsal é marrom e a cauda é negra com a ponta branca. A cauda não é preênsil.
     
    Endêmico do Brasil, o sauá-Príncipe-Bernhard, também chamado de zogue-zogue, é encontrado na margem leste do Rio Madeira e próximo ao Rio Aripuanã, na Floresta Amazônica, nos estados do Amazonas e Rondônia.
     
    Tem hábitos diurnos e gregários, formando pequenos grupos familiares de até cinco indivíduos. Alimenta-se de frutas, folhas e artrópodes.
     
    Apesar de pouca informação sobre a espécie, acredita-se que não se encontra ameaçada de extinção, uma vez que vive em áreas isoladas, protegidas e longe do contato com as pessoas.
     
     
    A coluna Bicho do Dia fará uma pausa a partir de hoje, uma vez que o Notícia Animal está preparando novidades para os próximos dias. Em breve voltaremos com mais espécies inéditas!
© nutrina 2019 todos os direitos reservados