Nutrina News

  • De castigo! Já para fora!

  • Data: 16/01/2014
  • Eles dormem e acordam com a gente, fazem refeições dentro de casa, assistem TV e acompanham os passeios em família, mas apesar de serem tratados quase como crianças, eles não são. Por isso, castigo não é recomendado pelo Dr. Pet. Segundo ele, o método pode funcionar como punição se acontecer no momento do ato, mas traz consequências ruins. “As pessoas já têm pouco tempo para passar com o cão e eles precisam entender que quando estão sozinhos não é um castigo, nem foi excluído do grupo”, de acordo com o especialista.

© nutrina 2019 todos os direitos reservados