Nutrina News

  • Dr. Pet ensina a lidar com filhotes

  • Data: 09/10/2017
  • O especialista em comportamento animal lembra que ajudar os filhotes a se ambientarem e a se relacionarem desde cedo com a sociedade é fundamental para o convívio com a família

    Filhotes são fofos, engraçadinhos e enchem a casa de alegria. Mas, como qualquer serzinho que acabou de vir ao mundo, requerem muito mais cuidado que os adultos. Eles precisam aprender muitas coisas, até porque também costumam ser umas pestinhas e não vão exitar em destruir tudo o que acharem pela frente. Afinal, estão explorando o universo.

    As dúvidas de quem leva um filhote para casa costumam ser muitas, conta o especialista em comportamento animal Alexandre Rossi, o “Dr. Pet”, pai da Estopinha e do Barthô. Para ajudar os tutores, ele criou um curso online, lançado no site da empresa Cão Cidadão. Nele, o tutor pode aprender a como educar o filhote no conforto do seu lar e na companhia do seu melhor amigo, sem se preocupar em sair de casa.“Esta é uma experiência real de aprendizado, que ajudará as famílias a ensinarem os seus pets, desde pequenos, a se ambientarem mais facilmente em seus novos lares e a se relacionarem melhor com a sociedade, o que é fundamental para a convivência em família e para a diminuição de casos de abandonos”, afirma Alexandre.

    O Dr. Pet lembra que, depois de retirados do convívio com a mãe e irmãos, é natural que alguns filhotes estranhem o novo lar e, com isso, chorem à noite. A proposta de “Passo a passo para educar filhotes de cães” é apresentar aos tutores situações como essas, bastante comuns, e orientá-los a como agir, sempre pensando no bem-estar da família e do melhor amigo.

    O curso é dividido em nove módulos gravados e aborda, entre outros temas, como ensinar os filhotes a fazerem as necessidades nos locais adequados e evitar que destruam móveis e objetos. O investimento é R$ 48,oo, que pode ser parcelado em até três vezes.

    Entrevista com Alexandre Rossi:

    1) O que as pessoas devem saber sobre um filhote antes de ceder ao impulso de adotar/comprar um?

    R: É importante ter ciência de que, nesta fase, alguns comportamentos que os filhotes apresentam e que costumam incomodar, como roer, morder, fazer as necessidades em vários lugares, entre outros, são normais. Mas basta entendê-los e aprender o que é necessário fazer para que tudo fique sob controle e o filhote cresça educado e sabendo o que é esperado dele. E ter paciência e amor para que esta fase seja curtida por todos, filhote e humanos!

    2) Quais são as principais dúvidas que os tutores costumam ter sobre filhotes?

    R: Como diminuir as mordidas em mãos e pés e também como minimizar a destruição de objetos pela casa, além de como ensinar o filhote a fazer as necessidades em local determinado.

    3) Existe uma idade para começar a ensiná-los? Ou quanto mais cedo melhor?

    R: Quanto mais cedo melhor! Aliás, no momento em que chegam à nova casa já é possível ensinar várias coisas aos filhotes. Lembrando que o cérebro deles está bastante apto a novos aprendizados, que ocorrem rapidamente!

    Serviço

    Curso online “Passo a passo para educar filhotes de cães”

    Nove módulos: Preparação da casa | Xixi e cocô fora do lugar | Chorar ou latir quando fica sozinho | Morder mãos e pés | Vacina contra medos | Destruição de móveis e objetos | Como inibir comportamentos indesejáveis | Alimentação | Comandos

    Investimento: R$ 48 (parcelados em até 3 vezes)

    Fonte: Correio Braziliense

© nutrina 2019 todos os direitos reservados